Dica de leitura por Karla Karina: A arte de ser gentil, de Stefan Einhorn.


 

Dica de leitura: A arte de ser gentil – A bondade como chave para o sucesso, de Stefan Einhorn.

O mundo atual, esse mesmo, louco, confuso e desestruturado, nunca precisou tanto de pessoas gentis. O Profeta Gentileza já sugeria isso há muitos anos e é de fato um tema muito presente em nossas vidas.

O livro, A arte de ser gentil, assim como a maioria dos livros que sugiro, é de cabeceira. É um daqueles livros que eu uso como guia para não esquecer jamais de onde vim e para onde desejo ir.

E venho refletir com você aqui hoje: você é gentil? Como você produz gentileza? Quantas vezes no dia você trata o outro como gostaria de ser tratado?

No mundo corporativo em que a grande maioria das pessoas tem vivido, ser gentil muitas vezes é sinônimo de ser trouxa. Segurar a porta do elevador para que o colega não o perca. Dizer bom dia do porteiro ao seu colega da mesa ao lado. Manter o celular no silencioso. Evitar a vida pessoal no ambiente de trabalho. Evitar o emburramento no ambiente de trabalho. Passar recados. Não deixar o telefone tocando horas só porque está com preguiça de atender. Estar no corredor e trazer àquela impressão esquecida na máquina. Um cafezinho para o colega que aparentemente não foi nem ao banheiro pelo excesso de trabalho…

É, tem gente que faz isso e é expressamente apontada como puxa-saco ou trouxa.

Eu poderia ficar até dias falando sobre isso. Existem inúmeras maneiras de sermos gentis uns com os outros, sem sermos trouxas e isso certamente ultrapassaria os limites da gentileza específica e dai já interligamos com o tema Etiqueta, que já foi abordado por mim aqui neste blog.

O mais importante é que sejam atos muito sinceros. Que sejam ações mínimas ou não, realizadas com comprometimento com o seu coração. Que sejam práticas muito mais que diárias, diria que devem ser práticas naturais. Não deve jamais ser feito com a intenção de receber algo em troca. E como diz o livro, é importante não passar dos limites, não invadir o espaço do outro, não ser interferência, mas sim que seja uma forma cotidiana de transformar o mundo, seja ele o seu ou o do outro, em um lugar mais leve, mais generoso e mais humano.

por Karla Karina

 

Um comentário em “Dica de leitura por Karla Karina: A arte de ser gentil, de Stefan Einhorn.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s