Curso Preparatório Docência na Área de Secretariado – Brasília


16299255_1268407456577695_8350694550456386719_n.png

Curso Preparatório para Docência na Área de Secretariado – CPDAS – 27 e 28/05/2017

[Por que fazer o Curso?]

A educação no Brasil passa por transformações e, cada vez mais, as Instituições de Ensino buscam profissionais qualificados para exercerem essa função. Pensando sobre a excelência na educação, a Iventys Educação Corporativa promoverá nos dias 27 e 28/05/2017 (sábado e domingo) o Curso Preparatório para Docência na Área de Secretariado (CPDAS) idealizado pelas referências na área secretarial Bete D’Elia e Walkiria Almeida. O CPDAS foi reconhecido em primeiro lugar, por voto popular, como melhor projeto na área de Secretariado em 2016 pela Conferência Nacional de Secretariado (CONASEC). O CPDAS está sendo realizado pelas empresas Phorum e Toucher, com assessoria executiva da empresa SecGlobal e parceria do Comitê de Secretariado Executivo do DF e Sindicato dos Secretários do Distrito Federal (SISDF).

A docência tem se consolidado, nos últimos anos, como uma carreira promissora e de projeção para os profissionais que lecionam. `Muitos profissionais iniciam sua experiência na docência como um plano B, porém com as mudanças de cenário no mercado atual e as empresas privadas e instituições governamentais em crise, a docência se mostra como uma bela carreira com grandes chances de se tornar o Plano A de um profissional dedicado. Sugerimos a leitura do artigo publicado no dia 27/01/2017 de autoria da secretária executiva Cora Fernanda de Faria e colaboração da Profa. Simara Rodrigues, Coordenadora do Curso de Secretariado Executivo Bilíngue da UNIP, campus Brasília, que trata perfeitamente deste tema: “A roupa de mulher maravilha, ou super-homem, do assistente executivo: o famoso Plano B”.

Além disso, este curso aborda assuntos importantes e enriquecedores para quem deseja atender as exigências das instituições e dos estudantes. Esta será uma oportunidade única de receber um treinamento com conteúdo totalmente alinhado com as expectativas de quem precisa contratar profissionais para atuarem na docência em cursos de graduação em Secretariado.

[Público alvo]

Profissionais com formação em Secretariado Executivo e outras áreas que desejam atuar ou já atuam na docência em cursos de graduação de Secretariado Executivo.

[Programa do curso]

MÓDULO 1
1.1 Da vivência como secretário para a docência de Secretariado
– A construção da ponte
– A mudança de cenário
– O perfil dos clientes
– O perfil das Entidades
– Escolas de formação

1.2. Ensino e Aprendizagem
– Estratégias de aprendizagem

1.3. Histórico sobre alunos do curso de secretariado
– Cursos de Formação.
– Cursos de Desenvolvimento.

1.4. Gerações: X, Y e Z
– Como lidar com estudantes de diferentes gerações.

1.5. Inteligência Emocional e Programação Neurolinguística
– Relacionamento docente e estudante

MÓDULO 2
2.1. Didática de Ensino
– Cursos de Formação.
– Cursos de Desenvolvimento

2.2. Metodologias
– Cursos de Formação.
– Cursos de Desenvolvimento

2.3. Legislação
– Leis de Diretrizes e Bases – LDB
– Mudanças na LDB
2.4. Desenvolvimento de competências
– Estudo sobre competências
– Competências do profissional de secretariado designadas pelo MEC.
MÓDULO 3
3.1. DNA do Profissional de Secretariado
– Criatividade e inovação na atuação como profissional de secretariado e como docente
3.2. Plano de Ensino
– Ementa – Objetivo Geral – Objetivo Específico
3.3. Planejamento das Aulas
– Como planejar
– Objetivo
– Referências
3.4. Processo de Avaliação e Técnicas de Correção
– Avaliações (provas, exercícios)
– Seminários
3.5. Informativo
– Diferenças entre o curso técnico, tecnólogo e bacharelado.
– Disciplinas
– Valores hora/aula: formação e desenvolvimento
– Entendimento sobre os cursos: doutorado, mestrado, especialização e MBA
– Currículo Lattes: conhecimento, criação e atualização
MÓDULO 4
4.1. Dinâmicas de grupo
– Aprendizagem e técnicas
4.2. Depoimento
– Profissional de secretariado que atualmente está lecionando.
4.3. Aulas práticas: participantes prepararão e ministrarão uma aula teste
– As participantes prepararão as aulas de acordo com o conteúdo visto durante as aulas.

 

[Sobre as Instrutoras]

Bete D’Elia é Graduada em Português-Francês pela USP – Universidade de São Paulo, Especialização em Psicologia Universal, pelo Psyko Universal Instituto de Desenvolvimento. É Coach com formação pelo IDHL – Instituto de Desenvolvimento Humano Lippi. Palestrante e Facilitadora em treinamentos, Cursos e Workshops. Consultora para profissionais da Gestão Empresarial, no setor público e privado, com destaque no Segmento Secretarial. É Articulista das Revistas Ser Mais e Vocação Pública e em sites de Gestão e Áreas Secretariais. É Editora Adjunta da Revista de Gestão e Secretariado, GeSec, classificada como Qualis B3 pela CAPES. Autora do Livro Profissionalismo – Não dá para não ter – Editora Gente; É coautora dos seguintes Livros: As novas Competências do Profissional de Secretariado pela Editora IOB Thomson; Gestão do Tempo e Produtividade – pela Editora Ser Mais; Coaching e Mentoring – pela Editora Ser Mais; Coordenadora com Magali Amorim e Maurício Sita do Livro Excelência no Secretariado, também pela Editora Ser Mais; Organizadora com Cibele Barsalini Martins do livro Modelos de Gestão no Contexto do Profissional de Secretariado, pela Editora UFSC. Diretora Toucher Desenvolvimento Humano Ltda.

Walkiria Gomes de Almeida é Mestre em Administração, com concentração em Gestão Internacional pela ESPM- Escola Superior de Marketing e Propaganda. Especialista em Gestão Empresarial pela FECAP. Diretora da PhorumGroup Desenvolvimento Empresarial, conselheira do Sindicato das Secretárias e Secretários do Estado de São Paulo – SINSESP, gestão 2016/2020, consultora da Toucher Desenvolvimento Humano, facilitadora de cursos na Unisescon – Universidade Corporativa do SESCON- Sindicato das Empresas Contábeis do Estado de São Paulo e no SIEEESP- Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino no Estado de São Paulo. Autora e coautora de artigos na Revista GeSec, do Sindicato das Secretárias do Estado e São Paulo. Coautora do livro Excelência no Secretariado, Editora Ser Mais. Palestrante nacional e docente na área de secretariado, na graduação e pós-graduação de Instituições renomadas.

[Carga horária]

16 horas

[Informações adicionais]

Data: 27 e 28/05/2017 (sábado e domingo)
Hora: 08h às 18h (intervalo para almoço)
Local: A confirmar
Investimento:
Até 19/03/2017: 6 parcelas de R$ 221,35 no cartão de crédito

4 parcelas de R$ 332,00 no boleto bancário

10% de desconto no depósito ou transferência bancária

Até 23/04/2017: 6 parcelas de R$ 248,00 no cartão de crédito

4 parcelas de R$ 372,00 no boleto bancário

10% de desconto no depósito ou transferência bancária

Até 23/05/2017: 6 parcelas de R$ 263,35  no cartão de crédito

4 parcelas de R$ 395,00 no boleto bancário

10% de desconto no depósito ou transferência bancária

Inscrições:

http://www.iventys.com.br/cursos/curso-preparatorio-para-docencia-na-area-de-secretariado-cpdas/

 

 

Artigo: A roupa de mulher maravilha, ou super-homem, do assistente executivo: O famoso plano B por Cora Fernanda


Boa tarde pessoal!

Hoje quero compartilhar um artigo da mais nova integrante do COMSECDF, Cora Fernanda de Faria Lima, diretamente de SP.

Espero que curtam e compartilhem!

Beijos,

Karla Mustafa

 

A roupa de mulher maravilha, ou super-homem, do assistente executivo: O famoso plano B.

Prepare-se para tirá-la do armário. Assistentes executivos estão se especializando em diferentes áreas, e, com isso, vemos um mercado mais promissor para a carreira de docência.

Planejamento de carreira é um assunto que, por vezes, deixamos para depois. Beeeem depois. Mas não devemos nos descuidar tanto assim.

O tempo está passando muito rápido e tudo tem urgência: um dia nossa casa, outro, nossa família, em outro os estudos ou uma outra língua. São muitas tarefas e anseios pela carreira, o plano A, que não pensamos em um plano B, efetivamente.

Mas aqui vai um artigo cheio de boas notícias, onde mostramos que o secretariado tem crescido e se aquecido com todas estas mudanças de cenário. E mudanças trazem oportunidades. Se envolva, se comprometa e comece a planejar o seu futuro again.

Como? Não há hora específica para começar, basta que você veja esta necessidade. A construção dele não necessariamente deve ser delineado quando o seu plano A, estiver ao fim. Sua carreira, independente do momento, deve ser cuidada. Muito bem cuidada! Estou ascendendo? Estou adequada? Estou em transição? Estou confortável? Esse conjunto de perguntas converge ao seu traçado de desenvolvimento e trajetória profissional. Sendo assim, devo atentar para minhas sensações sobre a carreira. Neste ano de 2016, conclui um curso para docência em secretariado executivo. Acreditem, muitas portas se abriram, criatividade foi a mil. Não é este o sinal? Saber que podemos ir além do que nossa rotina nos traduz?

O que? Estamos falando em o que fazer? Sim! O que você vai fazer neste momento de escolha? Pela quantidade de atribuições que o assistente executivo tem, inclusive na atualidade, ele está miscigenando-se a outros profissionais. Mas não confunda! Ainda somos assistentes executivos, atuando em finanças, traduções, manutenção de casas e família, além de outros assuntos mais técnicos. Daí o questionamento: o que vou fazer? Temos uma gama de assuntos para escolher e navegar, ainda que desconhecido, desbravar. Não esqueça, o start está com você. Ainda sobre o CPDAS, curso que mencionei no parágrafo anterior, descobri outras possibilidades. Ministrados pelas fenomenais Walkíria Almeida e Bete D´Elia, surgiu de uma lacuna, ou seja, por precisarmos de profissionais capacitados para lecionar e administrar as informações de forma concisa e fiel, para aqueles que estão ingressando na carreira de secretariado. Outras palavras: assistentes executivos formando novos profissionais da área. Você é daqueles profissionais  que inspiram? Que as pessoas sempre voltam em sua mesa? Que as pessoas querem por perto? Que admiram? Que contagia os demais com o secretariado? Está no caminho certo para lecionar, pois professores inspiram aqueles que estão do outro lado da tela, aquela que será pintada. Aprendizado, com certeza é uma habilidade a ser desenvolvida, e, desenvolver novos profissionais, é a chave da mudança.

Por que?  Mas porque devemos olhar a oportunidade da docência com os olhos do amor? Claro, porque esta tarefa e dom só pode ser exercida por aqueles que amam o que fazem e multiplicam seu conhecimento, fazendo uma grande nebulosa de aprender- saber – aprender. A sala de aula ensina? Contagia? Trago neste artigo, uma profissional brilhante e que acrescentará tudo aquilo que devemos saber sobre docência. Ela é Simara Rodrigues, professora e coordenadora do curso de Secretariado Executivo na UNIP, Campus Brasília. Quer saber mais?

Professora…. é para copiar? Não! Agora só preste atenção no que a mestre escreverá….

Querida Cora, se o seu artigo fosse uma avaliação, diria que você gabaritou a prova e a sua nota foi 10! Parabéns pelas ricas contribuições e reflexões. Você foi muito pontual, isto porque de nada adianta acumular títulos e formações se não houver talento para ensinar, ou seja, se não existe a paciência e habilidade pedagógica essencial para a prática da docência.

Por isso, é importante saber que sendo o seu plano B a docência, será importante preservar o coração de estudante, que ao ensinar, está em constante aprendizagem; e não desenvolver um ensino mecânico como de “depósito bancário”, em que apenas se injeta conhecimento acrítico nos alunos. Logo, a habilidade de lecionar precisar vir sem interesses lucrativos, sem discriminação de classe, raça ou gênero, sem mediocridade. Daí a importância em trabalhar com empatia, engajamento e propósito, atuando como um curador do conhecimento, que sabe ouvir paciente e criticamente, pois somente quem escuta é capaz de se comunicar com segurança e propriedade.

Perceba que, muitas habilidades estão inseridas no perfil do profissional de secretariado, o que facilita transitar entre as áreas, mas não significa que exigirá menos dedicação e competência. O que a propósito, deve ser esclarecido: quem escolhe um plano B precisa ter consciência das responsabilidades e consequências e não visualizar esta possibilidade apenas como uma renda extra. Saiba que com esse pensamento, você estará fadado ao fracasso.

E ao vestirmos essa roupa de “super-herói” que não sejamos demasiado convictos de nossas verdades, mergulhados em nosso ego, que em muitas situações é massageado pelo status e poder, que na verdade não existe. Se bem pararmos para pensar, nossos alunos são os mesmos clientes, exigentes, que encontramos no mundo corporativo, e merecem a melhor prestação do serviço, qual seja, a capacidade singular de compartilhar conhecimento, a partir de nossas vivências, experiência e disposição. E que fique claro: este conhecimento precisa ser vivido e testemunhado por nós docentes, principalmente da área de secretariado, uma vez que a teoria deve ser coerente com a prática do professor, que passa a ser uma referência e influenciador de seus educandos. Afinal, não seria convincente falar para os alunos que o tabagismo faz mal à saúde e no intervalo da aula, fumar um cigarro.

É preciso brilho nos olhos, postura positiva, sem frieza e mecanismo da leitura do slide em power point projetado na tela. É preciso emoção que movimente as atitudes dos indivíduos, mesmo aqueles mais despreparados e que alegam ter caído de “paraquedas” na profissão.

Nós docentes, precisamos estimular a alegria em nossas aulas, ao mesmo tempo que,  carregando o caráter da cientificidade e dos conhecimentos teóricos, nossa área não caia na rotulação de ser apenas tecnicista e sem compromisso com os conhecimentos específicos. Por isso, a necessidade em saber lidar com esta dualidade.

O papel do docente precisa ir além da sala de aula, compreendendo a atuação na formação de pessoas e na construção de sonhos, muitas vezes adormecidos, que a partir das inspirações e referências, são despertados. Parafraseando Paulo Freire: “Educar é impregnar de sentido o que fazemos a cada instante” e assim, deixo essas inquietações na expectativa de que outros profissionais de secretariado busquem a docência, não apenas como um plano B, mas um plano de vida, que motiva, inspira e constrói.

E uma última dica: não cometa o grande equívoco de pensar que é preciso saber tudo para começar a trabalhar com o seu plano B. Esse momento nunca vai chegar.  Feita a sua escolha, prepare-se, faça cursos, procure informação, acione sua rede de contatos, converse com pessoas que já atuam na área, participe de eventos, congressos, palestras e assim como fizeram os seus professores, aqueles eternizados em sua memória, seja a diferença.

Gostou? Já com ideias novas? Pensando à frente? Está preparado antes mesmo de começar?

Aqui, deixo a última dica: Acesse https://www.facebook.com/cpdasec/, e abra a primeira oportunidade.

Até a próxima!

Cora Fernanda

 

Fonte: http://www.administradores.com.br/artigos/carreira/a-roupa-de-mulher-maravilha-ou-super-homem-do-assistente-executivo-o-famoso-plano-b/102077/

Vaga Recepcionista Embaixada da Suécia


A Embaixada da Suécia em Brasília abre uma vaga de Recepcionista/Assistente Administrativo

A Embaixada da Suécia em Brasília anuncia, a partir de hoje (23/01/17), uma vaga de Recepcionista/Assistente Administrativo com o início das atividades em 06 de março de 2017.

As relações entre a Suécia e o Brasil estão em uma fase dinâmica. O funcionário fará parte de uma equipe bastante sociável em uma Embaixada de grandes ambições. A carga laboral, em determinados períodos, poderá ser alta, mas promovemos um equilíbrio entre a vida particular e profissional. A legislação brasileira de trabalho aplica-se aos funcionários locais da Embaixada.

A função consiste em:
Atendimento ao público geral bem como atividades relacionadas à recepção, central telefônica (PABX) e contatos com empresas de TI;
desembaraço alfandegário/aduaneiro, tais como, importação de veículos, mudanças do corpo diplomático, dentre outros;
responsável por organizar listas de endereços e telefones, correspondências, fax e assinaturas de jornais;
outras tarefas administrativas.

Além dessas atividades, o funcionário deverá estar preparado para auxiliar ou substituir outros funcionários da Embaixada. Nesse sentido, o(a) candidato(a) trabalhará em parceria com a Assistente Executiva do Embaixador, substituindo-a, quando necessário.

Requisitos:
O candidato precisa ser fluente em português e inglês. O domínio tanto oral quanto escrito dos dois idiomas é necessário, uma vez que a função demanda direta comunicação com cidadãos suecos e brasileiros.
Espera-se que o(a) candidato(a) tenha uma atitude positiva e proativa em relação ao trabalho, que seja organizado(a) e que possa trabalhar de forma independente, mas com disposição para atuar em equipe. Experiência em Embaixadas e em assuntos relacionados a TI será considerado um diferencial favorável ao candidato. Conhecimento em assuntos consulares e de migração poderá ser uma vantagem.

O(A) candidato(a) deverá enviar, em inglês, carta de motivação, Curriculum Vitae e três referências profissionais, que deverão ser entregues até o dia 06 de fevereiro de 2017, através do e-mail ambassaden.brasilia@gov.se (com o “Assunto: Recepcionista/Assistente Administrativo”) ou do endereço da Embaixada:

Embaixada da Suécia
SES Av. da Nações, Qd 807, Lote 29
CEP: 70.419-900
Brasília-DF

Fonte: http://www.swedenabroad.com/pt-PT/Embassies/Brasilia/Noticias–Eventos/Noticias/A-Embaixada-da-Suecia-em-Brasilia-abre-uma-vaga-de-RecepcionistaAssistente-Administrativo-sys/

 

Secretária- Embaixada Reino Unido – Brasília


Events Manager and Social Secretary

The British Government is an inclusive and diversity-friendly employer.  We value difference, promote equality and challenge discrimination, enhancing our organisational capability. We welcome and encourage applications from people of all backgrounds. We do not discriminate on the basis of disability, race, colour, ethnicity, gender, religion, sexual orientation, age, veteran status or other category protected by law. We promote family-friendly flexible working opportunities, where operational and security needs allow.
Job Category  

Governor’s Office
Job Subcategory  

Private Office
Job Description (Roles and Responsibilities)  

Main purpose of job:

Manage the official entertainment and engagements in the Residence for the Ambassador and the wider Embassy, working closely with the Ambassador’s Executive Assistant and key stakeholders across the Embassy. The successful candidate will also work closely with the Residence Manager to ensure all official events hosted by the Ambassador are properly prepared and run smoothly (eg managing guest lists, arranging access for guests, organising catering in liaison with the Residence Manager, securing sponsorship and suppliers for events). The jobholder is expected, in conjunction with relevant stakeholders, to deliver excellent event organisation, in an effective, efficient, professional, courteous and timely manner.  He or she will be expected to be a self-starter, exceptionally organised and able to maintain budgets.

The jobholder will also support as necessary the Ambassador’s Executive Assistant to organise and maintain the posts contacts database, manage diaries and travel arrangements, as well as correspondence writing, filing and contact liaison. The jobholder will also cover, as needed, for the two Executive Assistants, to the Ambassador and Deputy Head of Mission. They should also be able to work well with experienced Residence staff.

Roles and responsibilities:

  • Work with the Ambassador and other Embassy teams to organise all events at the Residence, meals, parties and all overnight guests. Work with the Residence Manager to ensure that the Residence is used correctly for entertaining, supporting the objectives of the Embassy. Be the “front of house” for the residence events, greeting guests, ensuring that they are well served.
  • Organise invitations, RSVPs, produce guest lists, table cards, menus and table plans in advance of events at the Residence. Ensure all relevant RSVPs are correctly recorded and communicated to relevant stakeholders. Work closely with those requesting events to gain a clear understanding of event objectives and requirements. Assist with event organisation as necessary, including occasionally at the event.
  • Develop a strong set of contacts and relationships, both with the hospitality industry, event equipment hire companies and organisations wishing to hold events within the Embassy. Coordinate market research to ensure Value For Money in achieved in line with current FCO guidelines.
  • Write correspondence, including all external correspondence relating to events, as well as some in-house correspondence to include invoices, contracts of terms and conditions and event guidelines.
  • Contacts. The jobholder will be responsible for the Ambassador and Deputy Head of Mission’s contacts database, ensuring their contacts are up to date.
  • Work with the two executive assistants, to the Ambassador and Deputy Head of Mission, to provide collective support when they have the capacity (this depends on the events workload) – including proactive diary management, correspondence, filing, travel arrangements and managing the executive office inbox. Provide cover in periods of absence predicted e.g. leave or TOIL.

Resources managed:

Staff: Line management of the Residence Manager

Essential qualifications and experience  

  • Experience in office administration and events management.
  • Relevant working experience, preferably in an international organisation.
  • Excellent organisational skills.
  • Good self-management, interpersonal and communication skills.
  • Knowledge of Microsoft Programmes, including Word Excel , Word and Outlook.
  • Fluent in English (written and spoken).
Required competencies  

Making Effective Decisions, Delivering at Pace
Application deadline  

29 January 2017
Grade  

A2 (L)
Type of Position  

Part-Time, Permanent
Working hours per week  

20
Region  

Latin America and Spanish speaking Caribbean
Country/Territory  

Brazil
Location (City)  

Brasilia
Type of Post  

British Embassy
Number of vacancies  

1
Starting monthly salary (BRL)  

3.039,00
Start Date  

20 February 2017
Other benefits and conditions of employment  

Learning and development opportunities:

  • Other FCO Mandatory Training: Responsible for Information , Diversity at Work, Health & Safety Awareness, Unconscious Bias, Disability Awareness, LBG&T Awareness
  • Induction
  • Line Management learning packages
Additional information  

– The period of probation for this role is 90 days.

– The British Embassy in Brasilia offers an attractive working environment and a monthly remuneration package for this role of R$3.039,00 plus benefits. This is a part-time position of 20 hours a week.

– Core office hours Monday – Thursday are 8:30 am – 4:45 pm,  Fridays 8:30 am – 4:30 pm

– The jobholder will need to be prepared to work outside normal working hours on an ad hoc basis to oversee evening events.  

Fonte: https://fco.tal.net/vx/lang-en-GB/mobile-0/appcentre-1/brand-2/xf-0dc42e8f9646/candidate/so/pm/4/pl/1/opp/2324-Events-Manager-and-Social-Secretary/en-GB

 

Vaga Recepcionista – Embaixada Reino Unido – Brasília


View Vacancy – Bilingual Receptionist/Management Support

The British Government is an inclusive and diversity-friendly employer.  We value difference, promote equality and challenge discrimination, enhancing our organisational capability. We welcome and encourage applications from people of all backgrounds. We do not discriminate on the basis of disability, race, colour, ethnicity, gender, religion, sexual orientation, age, veteran status or other category protected by law. We promote family-friendly flexible working opportunities, where operational and security needs allow.
Job Category  

Foreign and Commonwealth Office (Operations and Corporate Services)
Job Subcategory  

HR
Job Description (Roles and Responsibilities)  

Main purpose of job:

Provide support to front desk and general administrative duties.

Roles and responsibilities:

  • Operate the Embassy’s switchboard.
  • Deal with general enquiries from the public either in person, on the telephone or by e-mail; deal with visitors at reception.
  • Support Corporate Services Team updating spreadsheets and help with admin work.
  • Organise and control the stationery.
  • Distribute Mail and circulate official newspaper and magazines.
  • Update reference, telephone, RSVP and other lists.
  • Organise, lock and secure Reception areas.
  • Carry out other ad hoc duties as necessary.
Essential qualifications and experience  

  • University level educational/degree or ongoing studies.
  • He/she should ideally have experience in working for a medium to large organisation in customer service activities.
  • He/she should possess an excellent command of written and spoken English and Portuguese.
  • Strong organisational, communication, customer service, team-working and IT skills.
Desirable qualifications and experience  

  • Previous experience in working for a diplomatic mission is an advantage
Required competencies  

Collaborating and Partnering, Managing a Quality Service
Application deadline  

22 January 2017
Grade  

A1 (L)
Type of Position  

Part-Time, Permanent
Working hours per week  

20
Region  

Latin America and Spanish speaking Caribbean
Country/Territory  

Brazil
Location (City)  

Brasilia
Type of Post  

British Embassy
Number of vacancies  

1
Starting monthly salary (BRL)  

1935,00.
Start Date  

15 February 2017
Other benefits and conditions of employment  

Working hours:

Monday to Friday from 08:00 – 12:00 hours.

Fonte: https://fco.tal.net/vx/lang-en-GB/mobile-0/appcentre-1/brand-2/xf-0dc42e8f9646/candidate/so/pm/4/pl/1/opp/2309-Bilingual-Receptionist-Management-Support/en-GB

 

Vaga Assistente (secretariado) PNUMA


ONU Meio Ambiente Brasil abre processo seletivo para a contratação de Assistente Administrativo.
O profissional deve ter formação universitária em Relações Internacionais ou Secretariado Executivo e mínimo de três anos de experiência. O profissional também deve ter domínio na utilização do pacote Microsoft Office (Word, Excel, PowerPoint etc.); fluência em português e inglês; boa comunicação e capacidade de gerenciar rotinas administrativas; capacidade de trabalhar em conjunto com prestadores de serviços; entre outros.

Candidatos com as qualificações descritas que estiverem interessados, devem enviar os seus currículos em formato P11 (Personal History Format) e Carta de Motivação contendo pretensão salarial para o endereço de email procurement.brazil@pnuma.org. As candidaturas devem ser enviadas até o dia 15 de janeiro de 2017, 23h59 (horário de Brasilia) com a referência “UN Environment Brazil – Administrative Assistant”. Todos os detalhes em http://bit.ly/2j5DtzE

Descrição completa da vaga no link

https://nacoesunidas.org/wp-content/uploads/2017/01/Vacancy-Announcement-Administrative-Assistant-.pdf

 

Curso Telephone English em Brasília 28/01


Sou suspeita para falar sobre ela. Nos conhecemos virtualmente e só nos vimos três vezes em muitos anos: A primeira vez foi quando fiz este curso com ela no RJ. A segunda, foi no COINS em SP, ela como palestrante e eu como fã, e a terceira, em plena avenida da Barra sem querer rumo ao Rock In Rio. E agora terei o prazer de encontrá-la mais uma vez. Bem vinda à Brasília, Regina Rezende.

Não temos esse tipo específico de curso em Brasília, portanto, recomendo a todos os profissionais de nossa área, ou não.

re